9 de maio de 2018

Vista de cima...a Terra

1 comentário:

Anselmo Heidrich disse...

Alguns dias atrás meu filho (6 anos) me fez uma pergunta, daquelas difíceis de responder, "pai, quem construiu o planeta?"

-- Bem, ele não foi construído... Quer dizer, ele foi, mas não por alguém. Ele surgiu. Alguns acreditam que por uma explosão que começou tudo, o planeta, as estrelas, as galáxias.

Seu rosto era uma dúvida estampada.

-- Mas alguns acreditam que alguém, um ser superior fez ele, aliás fez tudo. Eu não acredito nisso, mas muita gente acredita. Ian, esta é uma dúvida que tu vai levar pro resto da vida ou não, não sei. Tu mesmo vai ter que procurar uma resposta.

E, obviamente, eu não pensava só no planeta. E me empolguei...

-- O problema é que se alguém o construiu, quem construiu ele, o que existia antes?

Claro que não ajudei muito, mas sei que não extingui sua vontade de conhecer mais sobre o assunto, ainda mais conhecendo meu guri. Em tempo, isso seria só o início.

Alguns anos antes, nós andávamos pelas ruas, uma das típicas servidões de Florianópolis que, para quem conhece sabe como são péssimas vias, cujo status permanece assim porque isenta a prefeitura de cumprir suas obrigações com as devidas melhorias para as quais somos onerados com impostos, taxas, "contribuições" e mais novos impostos e taxas. Daí, o rapazinho me diz:

-- Pai, quem cuida da rua?

-- A prefeitura...

-- O que é "prefeitura"?

-- A prefeitura é um órgão... Quer dizer, algo que a gente cria para cuidar da rua, posto de saúde, escola. Tem escola que é diferente da tua, quem cuida é a prefeitura.

Daí ele olha para o chão e vê terra, pedras soltas, outras eclodindo da terra como ovos de tartarugas, pasto avançando pelas laterais, lixo sem recolhimento, galhos entremeados aos cabos telefônicos, muros que não deixam nem 30cm do meio fio, quiçá os 4m estipulados em lei etc. e mantém aquele semblante que se repetiria anos mais tarde com a astrofísica e a origem do universo.

-- Mas, ela não está assim...

Cuidada, ele pensou.

-- É... Deveria, mas isso não funciona bem aqui, no nosso país, mais ainda na nossa cidade. Nós poderíamos arrumar tudo isso aqui, ainda mais se não pagássemos nada pra prefeitura que não faz nada aqui. Mas acho que um dia muda.

# # #

Uma resposta foi bem mais vaga, mas esperançosa, já na outra terminei pregando a esperança, apesar de sua evidente falta de inspiração. Com o tempo percebi que quanto mais difícil é explicar algo para uma criança é porque existe algo de errado ali.

a.h
09/05/18